Terapia da limonada: poder diurético, laxante, adstringente e benéfica aos rins. Confira!

Inscreva-se no meu canal!

Terapia da limonada: poder diurético, laxante, adstringente e benéfica aos rins. Confira!

Terapia da limonada

A limonada, além de ser refrescante e saborosa, proporciona inpumeros benefpicios à saúde. Hoje apresentaremos à você a Terapia da Limonada. Acontece que consumir limonada todos os dias previne efetivamente ou reduz o desenvolvimento de cristais e pedras renais, graças às propriedades adstringentes da fruta, auxiliando na dissolução de cristais e células danificadas.

Rico em potássio e citrato, o limão contém vitamina C, o que fortalece o sistema imunológico e remove as toxinas do aparelho digestivo. É o principal ingediente da terapia da limonada que é mais indicada como tratamento preventivo, além de ser uma ótima opção diurética e laxante.

A limonada deve ser feita com o suco de um limão diluído em um copo de água e adoçante ou mel em pouca quantidade  (opcional). Você poderá  aproveitar toda esfera do limão batendo-o inteiro no liquidificador. Isso mesmo! Com casca e tudo.  É importante lembrar que ele deve ser muito bem lavado antes e que deve ser ingerido em seguida, para evitar o amargo do suco. É preferível o uso do limão orgânico.

Se consumida regularmente, a limonada aumenta a quantidade de citratos na urina, o que inibe a formação e precipitação de cristais, que oferecem os riscos de. ao longo do tempo,  transformarem-se em pedras renais. Isso ocorre porque cálculos renais se compõem quando a urina obtém uma grande concentração de sais, que se cristalizam.  Por isso, a urina precisa de substâncias que inibam a formação de cristais e está é a função citrato, presente na terapia da limonada.

Leia também: Acabe com a inflamação no fígado tomando suco de limão

Uma alimentação carregada por excesso de sal e proteínas, aliada ao baixo consumo fibra e de água contribuem para o mau funcionamento dos rins. O caso pode piorar se a rotina alimentar tambpem conter aditivos químicos e alimentos industrializados. Uma alimentação composta de frutas e vegetais frescos, sem agrotóxicos impede complicações renais.  Alimentos integrais, com grande  teor de fibras e substâncias antioxidantes e raízes também são aconselháveis para a saúde e para repor a energia dos rins.

Veja algumas medidas simples e eficazes que inibem o surgimento de cálculos renais:

  • Ingerir  bastante líquido (oito copos de água  ao dia)
  • Ingerir sucos frescos e chás diuréticos, além de limonada.
  • Cha de cavalinha e salsa também são indicados para a saúde dos rins.
  • Evitar ingerir isotônicos industrializados em excesso.

Atenção: apesar da grade ação de prevenção às pedras nos rins por parte do limão, ele não deve ser consumido quando a crise renal estiver concretizada, pois seu poder adstringente pode retardar a expulsão das pedras ao invés de de acelerá-la.

 

Inscreva-se no meu canal!


Melhores