Tratamentos que podem desinchar seus pés - Adilson Barroso Ambientalista

Inscreva-se no meu canal!

Tratamentos que podem desinchar seus pés

pés (Imagem divulgação)
pés (Imagem divulgação)

Além de realizar algum tipo de exercício de forma regular, é muito importante que controlemos nossa dieta, que eliminemos o sal de nossas refeições e que evitemos excesso de peso.

Pés inchados ou tornozelos (edema periférico) é um sintoma cada vez mais comum na população devido ao estilo de vida atual que leva à vida sedentária, obesidade, estresse, etc.

As causas são muito diversas , desde distúrbios hormonais, como aqueles que ocorrem na gravidez, menopausa , menstruação ou tratamento hormonal, problemas de circulação venosa ou doenças graves, como coração, fígado ou rim. Em qualquer caso, estes últimos são acompanhados por outros sintomas e sinais que nos alertam que este é um problema mais grave, caso em que a doença subjacente deve ser tratada. Para isso, é essencial estar sob controle médico.

Na maioria dos casos, a causa pode ser mais banal, como é a circulação pobre, o que faz com que o fluido se acumular nas extremidades inferiores, se você gastar muito tempo em pé ou sentado, ou durante a gravidez, o líquido aumentou É devido a uma resposta hormonal do nosso organismo às necessidades decorrentes do nosso estado.

Recomendações para reduzir o edema

– Caminhe diariamente e se tivermos a oportunidade, faça-a descalça pela areia da praia, isso ativa a circulação e é muito benéfico para esse problema.

– Realize exercícios físicos moderados, como natação, ciclismo …

– Dieta saudável e saudável, com grande contribuição de alimentos frescos e baixo teor de sal, se o problema for habitual. Devemos perder peso em caso de excesso de peso.

– Evite ficar parado ou sentado por um longo tempo. Se a nossa rotina nos impõe, devemos flexionar nossos joelhos e tornozelos assiduamente e nos levantar e andar de tempos em tempos.

– Banhos de pés com água quente e sal são muito eficazes, bem como massagens com óleos essenciais ou mesmo com azeite.

– Após esses cuidados, no final do dia, vamos descansar com os pés para cima (acima do coração) por pelo menos 20 minutos.

– Para ativar a circulação podemos realizar exercícios com uma bola de tênis, vamos colocá-la no chão e movê-la com a sola dos pés.

– Usar meias de compressão produz muito alívio.

– Calçado é essencial. Devemos usar um solto, que não aperte demais o pé. O salto recomendado é de cerca de 3 centímetros.

O cumprimento dessas dicas é essencial para a redução do edema nos tornozelos e pés, bem como para a prevenção.

"Este é um blog de notícias que contém alguns tratamentos caseiros. Elas não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico."

Inscreva-se no meu canal!

Tags

Curta nossa página!

Mais Visualizadas