O Fim da Hemodiálise! - Adilson Barroso Ambientalista

Nos ajude vencer esse prêmio!

Influenciadores Digital 2018

O Fim da Hemodiálise!

Quando os rins param de funcionar, a hemodiálise vem sempre como uma opção de tratamento que retira as toxinas e o excesso de água no seu organismo. Hemodiálise é um procedimento que uma máquina limpa e limpa o sangue, ou seja, faz o que o rim doente não consegue fazer. Esse processo faz a liberação dos resíduos que prejudicam à saúde do corpo, como o excesso de sal e de alguns líquidos. Estar dependente dessa máquina é o maior pesadelo de muitas pessoas.  E uma vez que, somente fazendo um transplante de rim poderia resolver o problema. Hoje, mais de vinte mil brasileiros estão esperando por um rim. Mas essa espera está com os dias contados.

As notícias são ótimas: Pesquisadores da Universidade da Califórnia em São Francisco(EUA) criaram o primeiro rim artificial biônico, capaz de fazer o trabalho de um rim 100% saudável e pretendem lança-lo ainda esse ano. Segundo os desenvolvedores, esse aparelho tem menos de 1% de chance de ser rejeitado, pois é construído a partir de células renais e pode ser implantado em pacientes para serem libertos da hemodiálise.

Ele tem sido chamado de Rim Biônico, tem filtros feitos em carboneto de silício, células vivas e é bio-híbrido. O aparelho funciona com vários microchips e é movido pelo coração humano para filtrar os resíduos da corrente sanguínea. O protótipo tem o tamanho aproximado de rim natural saudável e consegue regular até a pressão arterial e o equilíbrio entre sódio e potássio.

O primeiro transplante previsto para 2017 será implantado como teste, e os especialistas ainda não sabem quando a novidade chegará ao mercado.  “Este projeto cria uma solução permanente para o problema de escassez no transplante de órgãos. Estamos a aumentar as opções para as pessoas com doença renal crônica, que de outra forma seriam forçadas à diálise “, disse William Fissell, autor do projeto.

"Este é um blog de notícias que contém alguns tratamentos caseiros. Elas não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico."

Inscreva-se no meu canal!

Curta nossa página!

Mais Visualizadas