Marapuama: a erva que combate vermes, celulites e melhora o funcionamento do intestino

Inscreva-se no meu canal!

Marapuama: a erva que combate vermes, celulites e melhora o funcionamento do intestino

Marapuama


Venha conversar comigo!

Conhecida como pau-homem ou liriosma, a Marapuama é uma erva com propriedades medicinais. Seu nome científico é:  Marapuama é Ptychopetalum uncinatum A, podendo ser comprada facilmente em forma de folhas secas ou trituradas.

Esta planta estimula a cirulação sanguínea fazendo com que funcione melhor e também serve para combater a celulite. Alpem disso, também é muito indicada para o tratamento de estresse, fadiga, aumento da libido e disfunções sexuais.

Leia também: Conhece o chá de João Gomes? Ele trata a fadiga e outros problemas de saúde!

No que diz respeito ao sistema digestivo, o chá desta planta tem o poder de interromper a diarreia, combater vermes, reduzir o inchaço e regular o funcionamento do intestino.

  • Entre tantos outros tratamentos que a Marapuama promove estão:
  • Recuperação da perda da memória
  • Melhora dos sintomas da gripe
  • Diminuição da fraqueza
  • Tratamento para depressão
  • Tratamento para reumatismo
  • Redução da queda de cabelo

 

Todos esses benefícios se devem às propriedades da planta antidiarreica, anti-estresse, anti-reumática, afrodisíaca e tônica.  O seu chá pode ser consumido ou usado como compressa, aplicando-as em locais onde a má circulação afetou. Para aprender a prepara o chá, veja a receita a seguir:

Será preciso duas colheres de sopa de cascas picadas e secas e um litro de água. Coloque tudo numa panela e deixe ferver por vinte minutos. Tampe e deixe descansar um tempo e coe. Depois disso, é só beber. Repita o procedimento duas ou três vezes ao dia.

Existem alguns efeitos colaterais na marapuama como mãos trêmulas, palpitações e ejaculação precoce. A planta também não é recomendada para gestantes, lactantes e pacientes com pressão alta.

"Este é um blog de notícias que contém alguns tratamentos caseiros. Elas não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico."

Inscreva-se no meu canal!

Curta nossa página!

Mais Visualizadas