Ervas medicinais para a dor de estômago - Adilson Barroso Ambientalista

Inscreva-se no meu canal!

Ervas medicinais para a dor de estômago

estômago (Imagem divulgação)
estômago (Imagem divulgação)


Venha conversar comigo!

Para aliviar a dor de estômago é possível aproveitar as propriedades de algumas ervas e plantas medicinais que permitirão reduzi-la de forma natural e eficaz.

Os remédios naturais sempre foram uma alternativa para tratar diferentes problemas. As ervas medicinais que verá a seguir te ajudarão a reduzir a dor de estômago de forma rápida e efetiva.

A dor de estômago é incômoda, inoportuna e um dos problemas de saúde mais comuns. Também conhecida como dispepsia funcional, pode se apresentar na parte alta do estômago. Algumas vezes chega acompanhada de gases, acidez, indigestão, vômitos ou falta de apetite.

Hoje traremos diferentes ervas e plantas medicinais que ajudarão a paliar este tipo de dor. Sua potente ação reduz a acidez estomacal, reduz a dor e melhora a digestão. O melhor é que não costumam gerar efeitos secundários e são muito fáceis de obter.

Funcho para reduzir a dor de estômago

A semente de funcho favorece a digestão, propicia a expulsão de gases e evita a dor causada por seu acúmulo. Pode se ingerida como uma infusão para conseguir um alívio rápido. Além disso, também pode ser consumida crua, adicionada em saladas ou como ingredientes de qualquer receita culinária.

Camomila

A membrana gástrica tem na camomila uma grande aliada. Esta erva a protege e repara os danos graças aos seus efeitos cicatrizantes; além disso, ajuda a aliviar os ardores e os gases, reduz a acidez, a gastrite e as moléstias das úlceras. Por outro lado, é um efetivo relaxante muscular e anti-inflamatório natural, que também é usado para reduzir a dor de estômago.

Menta e arruda

A menta é um poderoso digestivo, mas também é ideal para combater úlceras e doenças na vesícula; pode ser adquirida na forma de bolsas de chá ou ser preparada na forma de infusão com suas folhas.

A arruda, por outro lado, reduz os gases, a sensação de acidez e outros incômodos estomacais. Além disso, ajuda a regular a menstruação.

Paiço e Lúcia-lima

O paiço, é um poderoso estimulante da digestão, ajuda a aliviar moléstias estomacais, principalmente as cólicas. A Lúcia-lima alivia os espasmos do estômago e facilita a micção.

Anis para aliviar os gases

Esta é uma das ervas medicinais preferidas para tratar os problemas estomacais por suas propriedades antiespasmódicas e analgésicas. Relaxa a musculatura estomacal, ajuda a expulsar gases, reduz o inchaço do ventre e reduz a acidez. Além disso, evita a gastrite nervosa e as cólicas; assim como favorece a digestão.

Tomilho e manjericão

Os espasmos gástricos e do intestino, famosos por serem muito dolorosos, têm um inimigo no tomilho. Esta erva também facilita a expulsão de gases. O ideal é tomar o tomilho em infusão, logo após uma boa refeição.

O manjericão alivia dores estomacais e cólicas menstruais. Acaso faça gargarejos com sua infusão suavizará a garganta e aliviará a dor.

Alecrim e absinto

O alecrim combate os sintomas da indigestão e outros mal-estares que podem aparecer no aparelho digestivo. Seus óleos essenciais ajudam a proteger o estômago, pois recobrem a mucosa estomacal.

O absinto reduz problemas ocasionados por bactérias que são ingeridas através da água ou alimentos, assim como por parasitas intestinais. Também combate as infecções do sistema digestivo.

Linhaça

A linhaça é ideal para combater problemas como a diarreia, a prisão de ventre ou a gastrite. Também serve para tratar a inflamação dos intestinos, a síndrome do cólon ou do intestino irritável e as úlceras.

Gengibre

Uma infusão de gengibre aliviar a dor de estômago, os ardores, os gases e as náuseas. Reduz a acidez e combate as bactérias intestinais nocivas. Além disso, facilita a digestão e aliviar qualquer sensação incômoda de indigestão após uma refeição pesada. Seja cru ou na forma de infusão, pode ser consumido diariamente.

Aloe vera e alcachofra

A babosa ou aloe vera alivia a acidez estomacal e o ardor graças as suas propriedades anti-inflamatórias. Também contribui para a regulação do trato intestinal, melhora a prisão de ventre e limpa o intestino.

A alcachofra ajuda a desintoxicar os órgãos que participam no processo digestivo. É ideal para limpar o fígado e para regular os níveis de colesterol no organismo.

Dente de leão

Esta erva previne a acidez estomacal, a prisão de ventre e favorecer a digestão. No entanto, mesmo que melhore a condição geral do sistema digestivo, o dente de leão não é recomendado para tratar úlceras, gastrite nem cálculos nos rins ou na vesícula.

Melissa e bailahuen

A melissa é uma das ervas medicinais com propriedades antiespasmódicas, por isso que é ideal para aliviar a dor de estômago. Além disso, previne náuseas, vômitos e reduz os gases.

O bailahuen reduz o inchaço abdominal; além disso, tem um poderoso efeito limpador do fígado e é um excelente remédio natural depurativo.

Como pode ver, estas ervas medicinais são muito efetivas para tratar qualquer problema digestivo. Caso saiba aproveitar seus benefícios, ganhará em qualidade de vida.

"Este é um blog de notícias que contém alguns tratamentos caseiros. Elas não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico."

Gostou desse vídeo? Então inscreva-se em meu canal!

Tags

Curta nossa página!

Mais Visualizadas