Cinco dicas naturais para acabar com a candidíase - Adilson Barroso Ambientalista

Inscreva-se no meu canal!

Cinco dicas naturais para acabar com a candidíase

É muito importante prestar atenção em todos os detalhes do corpo, inclusive nas regiões mais íntimas. Apesar de ainda ser um tabu, falaremos sobre o combate aos fungos vaginais e à candidíase. Esses fungos podem ser contraídos em qualquer idade e, principalmente, quando imunidade diminui.

Além da vagina, o fungo é capaz de afetar a boca e o trato digestivo, acabando por apresentar dificuldades no controle da infestação pelo corpo acarretando infecções mais graves.

Porém, existem algumas alternativas naturais para agir no combate destes males.

Chá de alecrim

A infusão com alecrim reduz a coceira e ardor na área vagina.

Prepare uma infusão de alecrim e beba duas xícaras ao decorrer de dia. É uma opção utilizar o preparado na área afetada, como procedimento de higiene.

 Óleo essencial de orégano.

Dilua três gotas de óleo de orégano em uma colher de sopa de azeite de oliva.

Mergulhe ao líquido uma bola de algodão e aplique em toda região da vulva. Deixe agir por uma hora e lave.

Alho

Esmague alguns dentes de alho e misture em um recipiente com um pouco de água. Aplique o preparado na região afetada e deixe agir por 20 minutos. Lave em seguida.

Vinagre de maçã

Prepare um banho de assento com água morna e duas xícaras de vinagre de maçã. Deixe o líquido agir na área afetada 20 minutos. Após o procedimento, lave o local.

Babosa

Retire o gel das extremidades da e acrescente a quantidade de dois copos de água a um recipiente. Misture os componentes. Aplique a mistura na vulva com e enxágue com água morna.

Quando constatada a presença de fungos vaginais, é importante que a paciente durma sem roupas de baixo (calcinhas) . No dia a dia, deve-se usar calcinha de algodão, pois mantém a área ventilada.

 

 

Inscreva-se no meu canal!


Melhores