Equinácea: a planta capaz de aliviar dores reumáticas, cicatrizar feridas e eliminar furúnculos

Inscreva-se no meu canal!

Equinácea: a planta capaz de aliviar dores reumáticas, cicatrizar feridas e eliminar furúnculos

Equinácea

Para proteger e tornar o sistema imunológico mais forte, a plamta equinácea é a mais indicada. Dona de flores roxas e exóticas, recebe o nome científico de Echinacea purpurea. Pode ser achada em lojas de produtos naturais ou feiras livres. De acordo com a história, os índios Sioux, da América do Norte, usavam a planta como antídoto para interromper o veneno de picadas de cobra. Hoje em dia, ela é usada em  tratamentos virais, respiratórios e bacterianos.

Entre algumas de suas propriedades, destacam-se as ações de:

  • antibiótico natural;
  • proteção contra invasão de micro-organismos;
  • defesa imunológica
  • depuração,
  • anti-inflamação;
  • antialergia;
  • estimulante;
  • cicatrizante;
  • antioxidante.

Os benefícios da equinácea são inúmeros, mas listamos neste artigo os principais:

  • ação contra infecção urinária,
  • alívio de dores reumáticas,
  • tratameto natural para candidíase,
  • alívio de dores provenientes da artrite,
  • tratamento para dor de dente e gengiva,
  • tratamento de ferimentos, furúnculos, dermatites, acne e erupções.
  • eliminação de abcessos bucais

Leia também: Prunella: seu uso externo e interno combatem inflamações, diarreia, ácido úrico entre outros males. Confira

Pode-se desfrutar dos benefícios da erva de duas formas: como chá ou compressa. Na forma de compressa, é recomendada em casos de reumatismo ou artrite.

Chá: basta colocar em uma panela a medida de uma xícara de água e deixar ferver. Quando a ebulição começar, acrescente uma colher de chá de folhas ou raiz da equinácea. Depois, tampe o recipiente e mantenha a infusão por cerca de 15 minutos. Depois disso está pronta para o consumo. Deve ser ingerida, no máximo, duas vezes ao dia.

Compressa: amasse as folhas junto às raízes da erva em um pilão para que uma pasta se forme em consequência da mistura. Então, é só aplicar nas áreas afetadas pelas dores e junto a um pano umedecido com água quente.

Observação: é importante que pessoas com alergia ou algum limite médico em relação a Asteraceae, não façam uso da equinácea, por segurança. A planta também não é recomendada a pacientes com esclerose múltipla, colagenose, tuberculose e HIV.

Inscreva-se no meu canal!


Melhores