6 projetos tecnológicos que poderão salvar sua vida - Adilson Barroso Ambientalista

Inscreva-se no meu canal!

6 projetos tecnológicos que poderão salvar sua vida



Venha conversar comigo!

 

Engenheiros, designers e hackers em todo o mundo estão aproveitando desenvolvimentos de ponta em ciência, biotecnologia e robótica para lançar novas soluções que ajudam pessoas a viverem vidas saudáveis ​​e mais longas. Veja 6 projetos de saúde futurista que poderá salvar a sua vida algum dia.

A seringa que para o sangramento em apenas 15 segundos

Para feridas graves como tiros ou explosões de estilhaços, o tratamento imediato pode significar a diferença entre a vida e a morte. O XStat é uma seringa de bolso cheia de esponjas de rápida expansão que pode selar uma ferida de tiro em apenas 15 segundos. Uma vez injetadas, as esponjas controlam o sangramento melhor do que um torniquete, conquistando assim, um tempo precioso para as vítimas serem transportadas para um hospital para cirurgia.

A lente de contato inteligente da Google monitora a saúde do corpo

Diabetes afeta uma em cada 19 pessoas no planeta. Aqueles afetados pela doença devem constantemente monitorar seus níveis de glicose (muitas vezes com uma dolorosa picada) – mas uma nova lente de contato inteligente desenvolvido pela Google, em parceria com o laboratório farmacêutico Novartis poderá mudar isso para sempre. A lente é composta por um chip wireless e um sensor miniaturizado de glicose prensados entre duas camadas de material gelatinoso. O dispositivo ainda deve ser equipado com um LED que emitirá sinais sempre que houver alteração no nível de glicose.

Drone Ambulância fornece primeiros socorros em minutos

Todo mundo sabe que acidentes acontecem, sem hora nem lugar marcado, e quanto antes o socorro chegar, melhor será. E nem sempre é possível ter ajuda no tempo necessário. Atualmente, a forma mais comum de se obter o socorro é através da ambulância, que enfrenta trânsito no caminho, podendo demorar muito para chegar. Pensando nisso, a Universidade Técnica de Delft, na Holanda, desenvolveu um projeto chamado “Drone Ambulância“.

Os desenvolvedores criaram um pequeno drone de fibra de carbono capaz de carregar consigo ferramentas de primeiros-socorros, como desfibrilador, medicações e material para ressurreição cardiopulmonar.

Voando a uma velocidade de 100km/h, chegaria ao destino em poucos minutos. Os drones podem ser controlados remotamente pelo mesmo serviço médico que envia as ambulâncias. E enquanto a equipe médica não chega, operadores podem se comunicar através de câmeras com as pessoas que estão no local, passando as instruções das manobras de emergência.

Estudos dizem que o uso desse sistema aumentaria as chances de sobrevivência das vítimas de acidentes cardíacos de 8% para 80%, já que a rapidez é essencial nesses casos.

Marcapasso da próxima geração envolve o coração como uma luva

Os marcapassos de hoje estão longe de serem perfeitos – mas uma nova tecnologia desenvolvida pela Universidade de Illinois em Urbana-Champaign poderia revolucionar estes dispositivos. A equipe veio com uma membrana ultra-fina, elástica, revestida com sensores e eletrodos que envolve o coração como uma luva. O novo marcapasso é capaz de rastrear os processos do coração com precisão incomparável, e pode aplicar estímulos elétricos para diferentes locais para mantê-lo batendo em uma taxa perfeita.

Tatuagens de nanopartículas podem monitorar os níveis de glicose em diabéticos

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachusetts – MIT criaram recentemente um novo tipo de tatuagem projetado para pessoas que vivem com diabetes. Uma vez injetado, a tinta de nanopartículas pode consistentemente medir os níveis de glicose na corrente sanguínea, alertando os pacientes se seus níveis de açúcar no sangue ficarem fora do intervalo normal.

Para criar a tinta de leitura de açúcar no sangue , os cientistas usaram nanotubos envolvidos em um polímero sensível à glicose. Depois que a tinta é injetada sob a superfície da pele, a nano-tinta procura a glicose e fluoresce quando a detecta. Um tipo de dispositivo separado, como um relógio de pulso fornece uma luz de infravermelho para ler o fluorescente (tipo de um anel decodificador), e permite aos usuários acompanhar o aumento e queda de níveis de glicose.

A nano-tinta começa a desaparecer em cerca de seis meses, quando os pacientes precisarão ser re-injetados com a tinta.

Órgãos impressos em 3D

Todos os dias milhares de pessoas recebem transplantes de órgãos – no entanto, muitas morrem todos os dias devido à escassez de órgãos doados . A empresa de biotecnologia Organovo, com sede em San Diego, está aproveitando a tecnologia de impressão 3D para resolver a situação, criando órgãos humanos vivos a partir do zero. Até agora, a empresa desenvolveu um pequeno fígado humano que oferece uma alternativa humana aos testes com animais para a pesquisa de drogas.

 

"Este é um blog de notícias que contém alguns tratamentos caseiros. Elas não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico."

Gostou desse vídeo? Então inscreva-se em meu canal!

Curta nossa página!

Mais Visualizadas