"Eco-telhado" combina cinco tecnologias de geração de energia - Adilson Barroso Ambientalista

Inscreva-se no meu canal!

“Eco-telhado” combina cinco tecnologias de geração de energia

A estrutura em forma de v no telhado guia vento em uma série de turbinas para gerar energia. As células solares são lavadas por um sistema de refrigeração e limpeza de águas pluviais. Crédito: University of Malaya
A estrutura em forma de v no telhado guia vento em uma série de turbinas para gerar energia. As células solares são lavadas por um sistema de refrigeração e limpeza de águas pluviais. Crédito: University of Malaya

Cientistas da Universidade da Malásia projetaram um telhado que pode ajudar a resolver um sério problema ambiental: demandas crescentes de energia para aumentar o conforto de vida versus a necessidade de reduzir o uso de combustível fóssil para lidar com a mudança climática. O conflito tem impulsionado o interesse em fontes de energia renováveis ​​mais eficientes, especialmente nas economias emergentes.

A característica mais visível do telhado é uma estrutura em forma de V, ajustada sobre um telhado, que guia os ventos em direção a uma série de turbinas situadas abaixo dele para gerar a energia enquanto giram. A estrutura também aumenta o fluxo de ar dentro do edifício por meio de aberturas construídas no telhado para melhorar a ventilação natural. Além disso, um captador de água da chuva está conectada a um sistema automatizado de resfriamento e limpeza que lava as células solares embutidas no telhado inclinado para mantê-las eficientes. Clarabóias transparentes iluminam as salas principais dentro do edifício durante o dia, reduzindo a necessidade de iluminação artificial.

A equipe diz ainda que adicionar o telhado a um edifício existente cria um impacto visual mínimo e pode ser usado em ambientes urbanos e rurais.

Os pesquisadores dizem que seu telhado poderia suportar cerca de seis pessoas, gerando mais de 21.200 kWh de energia por ano, economizando mais 1.840 kWh por causa de suas clarabóias. Crédito: University of Malaya
Os pesquisadores dizem que seu telhado poderia suportar cerca de seis pessoas, gerando mais de 21.200 kWh de energia por ano, economizando mais 1.840 kWh por causa de suas clarabóias. Crédito: University of Malaya

Na Malásia, as pessoas usam em média cerca de 4200 quilowatts-hora (kWh) de energia por ano. Os pesquisadores dizem que seu telhado poderia suportar cerca de seis pessoas, gerando mais de 21.200 kWh de energia por ano, economizando mais 1.840 kWh por causa de suas clarabóias. Além disso, o sistema de ventilação poderia movimentar cerca de 217 milhões de metros cúbicos de ar e reduzir as emissões de dióxido de carbono em 17.768 quilos, enquanto o coletor de água da chuva poderia coletar cerca de 525 metros cúbicos de água.

A equipe diz que o rendimento de energia do telhado depende de onde ele está localizado. Os pesquisadores observam que houve ventos fracos em seu local de teste, de modo que o retorno poderia ser maior em áreas mais ventosas. Eles dizem ainda que o eco-telhado pode ser situado e ajustado para a luz solar local, precipitação e direção do vento, usando dados meteorológicos regionais.

"Este é um blog de notícias que contém alguns tratamentos caseiros. Elas não substituem um especialista. Consulte sempre seu médico."

Inscreva-se no meu canal!

Curta nossa página!

Mais Visualizadas